Home > Notícia

Notícia

Foto da notícia

BRT teve 14 ônibus vandalizados nos últimos 16 dias

Rio de Janeiro, 2 de Janeiro de 2017.

Um grupo de jovens depredou seis ônibus do BRT Rio, na madrugada de hoje, próximo à estação Santa Eugênia, em Paciência, na Zona Oeste. Os vândalos saíram de uma festa na região, foram para a pista exclusiva dos articulados e jogaram pedras e paus nos veículos.  Eles também quebraram algumas portas e roubaram martelos de emergência. Por causa do vandalismo, o serviço Santa Cruz x Campo Grande chegou a ficar interrompido por quase duas horas. O dano para a população só não foi maior porque o Consórcio fez uma mudança na operação e substituiu os carros que foram retirados para reparos nas garagens.


“Os seis carros vandalizados, juntos, fazem 95 dias viagens por dia, no trecho onde aconteceu a depredação. Não estamos falando no investimento que será feito para colocar essa frota novamente para circular, mas, sim, no prejuízo que a população tem com este tipo de crime. Sem dúvida alguma, é o trabalhador que precisa se deslocar todos os dias o maior lesado", afirmou a diretora de Relações Institucionais do BRT, Suzy Balloussier.    


No último dia 17, oito ônibus do BRT Rio também foram depredados. Os carros foram atacados perto do Terminal Paulo da Portela, em Madureira, na Zona Norte. Sete janelas e uma porta ficaram destruídas. Os vândalos estavam na rua e voltavam de um baile funk. Os veículos foram quebrados em sequência, entre 5h50 e 6h15. Todos seguiam sentido Alvorada, na Barra da Tijuca.


Vandalismo nas estações


Entre janeiro e novembro de 2016, o BRT Rio gastou, aproximadamente, R$ 3 milhões para fazer reparos, de equipamentos e itens vandalizados, nas estações e terminais. Desse valor, R$ 2 milhões foram para consertar portas e vidros. O restante foi gasto para limpar pichações, consertar catracas, substituir lixeiras e bancos.


 

COMPARTILHE: Google+